Centro Paroquial é multado por ajudar os mais pobres

0 Visualizações
0%

centro paroquial sao martinho das moitas
Parece uma mentira, mas não é, é as tristes leis que temos em Portugal.
O Centro Paroquial de São Martinho das Moitas, em São Pedro do Sul, no distrito de Viseu, foi multado pela Segurança Social por ter ajudado mais pobres do que o acordado.

A noticia é avançada pela VFM, uma rádio local, que conversou com o Padre Ricardo Correia.
O centro Paroquial foi multado em 6.300 euros por ter ajudado mais seis pobres do que tinha sido acordado com a Segurança Social, depois de no mês de Dezembro a Segurança Social ter realizado uma inspecção às actividades da paróquia, na sequência de uma denuncia.

O acordo do Centro Paroquial com a Segurança Social seria que o mesmo ajudaria 30 pessoas carenciadas. Mas o Centro decidiu ajudar mais seis pessoas, mas não avisou a Segurança Social.

“O acordo que a Segurança Social tem connosco é para 30 utentes. Julgámos que poderíamos servir mais pessoas. Era a nossa instituição que as alimentava, éramos nós que suportávamos as despesas”, disse à VFM o Padre Ricardo Correia.

O Padre Ricardo achou um exagero a coima lhe apresentada e decidiu recorrer da decisão:

“Não estou contra as coimas, só não concordo com os valores aplicados. Recorremos da decisão por achar que não é correto estar a pagar uma coima por estar a dar de comer a pessoas no meio de tanta pobreza”, explicou.

O tribunal do trabalho de Viseu acabou por reduzir o valor da coima em 2.500€. Apesar do valor ser muito menos que o valor inicial, o Padre Ricardo continua indignado com o sucessivo:

“Parece que somos multados por estarmos a alimentar os nossos pobres, que são mesmo muito pobres. Há pessoas que não têm ninguém, que não sabem ler nem escrever e nós somos as únicas pessoas que eles vêem diariamente”.

Data: Fevereiro 11, 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *