Distrito do Paquistão proíbe o Dia de São Valentim

valentines_day_21

Um distrito do Noroeste do Paquistão proibiu as celebrações do Dia de São Valentim, a noticia é avançada pela BBC News.

O governo de Kohat, em Khyber Pakhtunkhwa, deu ordem à policia para remover todos os cartões e artigos alusivos ao Dia de São Valentim das lojas locais.

A razão para tal proibição é por o governo local ser gerido por um partido político religioso, que consideram esta data festiva como um incentivo para práticas obscenas.
Maulana Niaz Muhammad, afirmou à BBC que “O Dia dos Namorados não tem fundamento legal e, por outro lado, é contra a nossa religião, por isso, foi proibido.”

ban dia dos namorados

Existem cerca de 30 lojas no distrito de Kohat que vendem os cartões e artigos alusivos ao Dia dos Namorados, mas segundo um correspondente da BBC, ainda não houve nenhuma fiscalização a essas lojas.

Grupos religiosos protestaram contra as celebrações do Dia dos Namorados em anos anteriores. Por outro lado, também houve quem protestasse a favor destas celebrações, como é o caso da activista dos direitos humanos Sabeen Mahmud, que em 2013 criou uma campanha de apoio ao Dia dos Namorados, e posteriormente teve que se esconder devido a várias ameaças de morte. A activista acabou por falecer em 2015 devido a um ataque com arma de fogo enquanto esta estava parada num sinal de transito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *